Serafim Gonçalves, o veterano laserista matosinhense, que há quase duas décadas ininterruptas representa o Clube Naval Povoense (Póvoa de Varzim), classificou-se em 48º lugar na tabela geral do Campeonato Mundial da categoria “masters”, que durante vários dias se desenrolou no Lago de Roterdão, muito perto da cidade holandesa de Port Veland, perante um universo de mais de quatro centenas de competidores de todo o mundo.

Inscrito na categoria etária de 45-55 anos, ao longo das doze regatas que o evento contemplava, o velejador do clube poveiro teve uma performance dentro da normalidade, se atendermos ao facto de se tratar de um evento onde competiram alguns dos nomes mais sonantes do mundo da vela ligeira. No conjunto das 12 regatas agendadas, onde sobressaiu o holandês Serge Kags, vencedor destacado, com apenas 18 pontos de penalização e que lhe pertenceram nada menos do que seis primeiros lugares que lhe conferiram uma vitória folgada, já que o australiano Brett Beyer, que foi segundo, esteve longe da performance de Kags. É que, apesar de ter ganho três regatas, não conseguiu melhor que 55 pontos de penalização, cedendo o terceiro patamar do pódio ao grego Adonis Bougiouris, com 64 pontos e apenas uma regata ganha.

Curiosamente, as melhores prestações de Serafim Gonçalves (como habitualmente, o único representante português) foram surgindo à medida que o evento caminhava para o fim, tendo-se destacado na penúltima com um excelente 18º lugar. As posições parciais de Serafim Gonçalves foram as seguintes: 48º lugar, 44º, 52º, 52º, 46º, 44º, 34º, 45º, 41º, 35º, 18º, e 28º.

Quarto lugar em Portosin

Antes do regresso a casa, Gonçalves não deixou de responder à chamada galega para competir no Memorial Alejandra Fermez, cuja organização, a cargo do Clube Náutico de Portosim, conseguiu cumprir o plano agendado com um triunfo absoluto de Rafa Campelo, velejador do Real Clube de Mar de Aguete.

Campelo não teve opositores à altura e venceu as seis regatas concretizadas e isso permitiu-lhe ocupar destacadamente o primeiro patamar do pódio, com cinco pontos, à frente do anfitrião Javier Izidro, com 12, e Denis Rodriguez, da Federação Galega, com 18. Ainda assim, depois da longa maratona que lhe foi exigida, Serafim Gonçalves terminou com 21 pontos e ficou na quarta posição, com os parciais de 6º, 5º, 6º, 4º. 3º e 3º lugares.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com