Situado na Rua Castelo Branco, em Canidelo, o Café Costa tem longos anos de existência. Em 2014, Carla Pinto e José António aceitaram o convite de se tornarem gerentes do café. A partir daí, tentaram sempre inovar mas sempre preservando as tradições.

Por ter trabalho sempre na hotelaria, essa paixão levou Carla a dizer que sim à proposta “Quando trabalhamos no que gostamos, preferimos trabalhar para nós e isso passava um pouco por aquilo que eu ambicionava. Se queria um café ou restaurante especificamente, nunca pensei muito nisso mas surgiu esta oportunidade e decidimos aproveitar.”

Quando iniciou a aventura, Carla encontrou um grande desafio: “a perda de movimento”. Mas isso não a fez parar, aproveitando “todas as oportunidades dadas à casa” como “payshop, paga aqui,gelados, um serviço de take away. O objetivo de Carla é de “chegar mais próximo dos clientes.” Para a proprietária, “os clientes são uma família”, sendo já, o Café Costa, para muitos, uma segunda casa. Carla ainda acrescenta “Quero que o meu espaço se diferencie.”

 

 

Apaixonada pelas tradições e pelo que é nacional, Carla criou a Noite de Fados e a Noite de Concertinas, dois projetos valiosos no café. Sempre com casa cheia, ninguém perde uma noite de animação. “Têm sido um sucesso e são noites para continuar.”

Para além do apoio do marido, Carla conta com o apoio incondicional do tio, Eurico Gomes, ex-jogador do FC Porto. “Tudo relacionado com o marketing, publicidade, realização de eventos, ele está sempre disponível para ajudar a casa.”

Quando se fala no futuro e nas ambições para o Café Costa, Carla diz “ainda não cheguei lá. Uma coisa de cada vez”. Para já, o foco é a Noite de Concertinas, que ainda está a iniciar o seu percurso. Mas, Carla não acaba a conversa sem dizer “temos alguns projetos na manga mas ainda precisam de ser analisados.”

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com