A XV Tool Fair foi acolhida pelo município de Vila Nova de Gaia e decorreu entre os passados dias 4 e 8 de outubro, no Hotel Holiday Inn. Coorganizada pela Agência Nacional Erasmus + Juventude em Ação, Corpo Europeu de Solidariedade, SALTO e EuroMed, em parceria com a Câmara de Gaia, esta feira internacional de boas práticas de juventude reuniu cerca de 120 participantes de 30 países diferentes que, guiados pelo mote “Back to the future”, abordaram o momento, colocando as ferramentas educativas como uma oportunidade de intercâmbio e de crescimento profissional.

 

 

A XV Tool Fair marcou o regresso dos eventos internacionais de larga escala em formato presencial e contou com a presença de Joana Lima, diretora-adjunta da Agência Nacional Erasmus + Juventude em Ação, Joaquim Freitas, técnico de comunicação da Agência Nacional e Elísio Pinto, vereador da Juventude da Câmara Municipal de Gaia.

O evento reuniu cerca de 120 formadores, técnicos e consultores da juventude, provenientes de 30 países que, em conjunto, exploraram temas relacionados com os diferentes fatores de risco que o trabalho com jovens enfrenta e que, por conseguinte, serão pertinentes nos próximos tempos. Assim, entre os passados dias 4 e 8 de outubro, foram colocadas as ferramentas educativas, como uma oportunidade de intercâmbio e de crescimento profissional.

A sessão de abertura, que decorreu no passado dia 4 e foi agraciada com a participação do jovem guitarrista gaiense Francisco Berény marcou o início desta feira internacional de boas práticas de juventude, que prosseguiu com a realização, no passado dia 5 de outubro, de uma Tool Market, no Mosteiro da Serra do Pilar, que contemplou 24 expositores, incluindo de organizações locais, de metodologias educativas e de trabalho, relacionadas com a juventude e a participação dos jovens. Ainda no contexto do programa da XV Tool Fair, no dia 6 de outubro, aconteceram inúmeras visitas a organizações gaienses, que desenvolvem atividades com jovens e que permitiram que os intervenientes tivessem um contacto prático com a realidade dos projetos, tais como Abrigo Seguro, Acredita Portugal, Checkin; Escola/ Oficina, Gaiac, Onda Verde, e Sim, Somos Capazes. O evento culminou com a concretização, no passado dia 7, de um elegante jantar a bordo de uma embarcação, que foi percorrendo as margens e, sucessivamente, as seis pontes do rio Douro.

Neste âmbito, Joana Lima, diretora-adjunta da Agência Nacional Erasmus + Juventude em Ação, afirmou aos jornalistas que “o balanço é extremamente positivo” e que a Tool Fair “é uma iniciativa que vai ficar registada com sucesso”, revelando que “França vai acolher a XVI Tool Fair, que se vai realizar no próximo ano, em Marselha”.

Relativamente ao mote “Back to the future”, a diretora-adjunta da Agência Nacional, fez, ainda, questão de salientar a ânsia de que este evento “influencie o futuro de uma forma muito positiva. Nós tivemos, aqui, uma mostra de ferramentas, extremamente, inovadoras de educação não formal, que esperamos que sejam utilizadas no trabalho dos «youth workers» e, depois, sejam replicadas nas nossas comunidades e nos nossos jovens. Portanto, nós queremos, mesmo, que este regresso a uma dita normalidade pós-pandemia seja, já, a aproveitarmos estas potencialidades e estes instrumentos, que, aqui, foram apresentados”.

A 15ª edição da Tool Fair esteve, segundo referiu Joaquim Freitas, técnico de comunicação da Agência Nacional Erasmus + Juventude em Ação, aos jornalistas, “muito ligada àquilo que são as prioridades europeias, a transformação digital, a sustentabilidade, as questões da democracia e participação democrática dos jovens”, porque “as ferramentas são algo de que eles [youth workers] precisam para recuperar a relação com os jovens, com um detalhe muito interesse, que tem que ver com este aspeto de ajudar os jovens, naquilo que é o processo de reequilíbrio emocional e naquilo que é a saúde mental deles para o futuro, naturalmente”.

Por outro lado, Elísio Pinto, vereador da Juventude da Câmara Municipal de Gaia, fez questão de ressaltar que a Agência Nacional Erasmus + Juventude em Ação “entendeu que o município reunia um conjunto de condições na área da Juventude, para que a Tool Fair acontecesse em Vila Nova de Gaia. Obviamente que tudo isto acontece porque as Políticas de Juventude praticadas em Vila Nova de Gaia começam a ser um caso sério não só a nível nacional, mas a nível internacional”.

Acreditando que a realização desta feira internacional “é um motivo de orgulho para Vila Nova de Gaia”, o vereador da autarquia asseverou que a iniciativa “tem um potencial enorme de crescimento, ao ponto da Eslovénia, que está a presidir à União Europeia, convidar Vila Nova de Gaia, jovens de Vila Nova de Gaia para, em dezembro, estarem a apresentar, lá, o nosso Gaia Orçamento Participativo Jovem. Muitos convites têm surgido e certamente que esta iniciativa vai ter um grande alcance, não tenho dúvidas algumas”.

No contexto da realização da próxima edição da Tool Fair em Marselha, o edil não perdeu a oportunidade para assegurar o sucesso da XV que teve como palco Vila Nova de Gaia, garantindo que “a própria diretora responsável de França estava muito preocupada, porque o nível estava tão alto, que não sabia, mesmo, como é que haviam de o superar”.

Pretensioso com o facto de ser responsável pelo Pelouro da Juventude em Vila Nova de Gaia, Elísio Pinto, sublinhou, ainda, que “eu penso que Gaia continua a afirmar-se, positivamente, em Políticas de Juventude, não só a nível nacional, mas a nível internacional”.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com