No passado mês de fevereiro celebrou-se o 3.º Congresso da Associação Nacional de Assembleias Municipais, em que Albino Almeida foi o escolhido dos eleitores para continuar na presidência, seguindo assim para o seu segundo mandato.

 

 

Em comunicado de imprensa, Albino Almeida mostrou-se orgulhoso do processo de crescimento da ANAM considerando-o “revelador de todo um trabalho que se tem desenvolvido em torno da dignificação das Assembleias Municipais, pela melhoria da democracia no poder local e pela elevação do poder democrático em Portugal”.

Este crescimento é visível através dos mais de 180 associados e ainda com a observação das diferentes estratégias utlizadas que passam por envolver as camadas mais jovens na política, a formação e o apoio a eleitos locais, debates ativos sobre o tema da descentralização, entre outras.

“Os últimos tempos foram muito importantes para reforçar o papel das Assembleias Municipais que, como órgão deliberativo do município, tiveram um importante papel na apreciação das grandes linhas da política municipal”, afirmou o Presidente da ANAM referindo-se ao período de pandemia relativo aos últimos dois anos.

Ao cargo de Presidente da ANAM, Albino Almeida, junta o de presidente da Assembleia Municipal de Gaia, estando já no seu 3º mandato. Antes de ser eleito presidente da ANAM, pela 1ª vez em 2018, Albino Almeida, já tinha sido presidente da CONFAP – Confederação Nacional das Associações de Pais, cargo que assumiu durante vários anos, assim como o de presidente da FEDAPAGAIA – Federação das Associações de Pais do Concelho de Vila Nova de Gaia.