O presidente da Câmara da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, visitou a Escola Profissional da Ribeira Grande, que tem cerca de 180 alunos e sete cursos profissionais. O autarca destacou a importância da escola na região, no entanto, referiu que esta merece mais atenção por parte da tutela, e insistiu na necessidade da mesma possuir mais cursos, “adequados à realidade do mercado de trabalho local”.

 

 

Alexandre Gaudêncio, presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, acompanhado pelo restante executivo camarário, visitou a Escola Profissional da Ribeira Grande, cujo polo está localizado na Vila de Rabo de Peixe. Na ocasião, o autarca destacou a importância daquele estabelecimento de ensino, referindo-o como uma excelente oportunidade para colmatar necessidades de ofertas de trabalho especializado. “A única escola profissional do concelho merece outra atenção por parte da tutela. Reivindicamos mais cursos profissionais, adequados à realidade do mercado de trabalho local”, expôs Alexandre Gaudêncio. Atualmente, a escola tem cerca de 180 alunos e sete cursos profissionais, sendo, manifestamente, insuficiente face à procura e à necessidade do mercado.

Na visita, o edil da Ribeira Grande referiu que tem sido a autarquia a suportar os custos inerentes ao funcionamento da escola, através de um contrato-programa. Esta situação, a seu ver, só acontece porque, nos últimos anos, não houve uma aposta do Governo Regional no ensino profissional, o que fez com que aquela escola ficasse à deriva. A solução para este problema, aos olhos do presidente da Câmara, passa pela existência de mais cursos profissionais suportados pela tutela, visto que há capacidade instalada e vontade de todas as partes para melhorar e aumentar a oferta formativa no concelho da Ribeira Grande.

A Escola Profissional da Ribeira Grande é gerida pela cooperativa de ensino “A Ponte Norte”, que tem também outras valências, como é o caso do Observatório Astronómico de Santana Açores (OASA) e o Observatório Microbiano dos Açores (OMIC). Além disso, a cooperativa tem também desenvolvido projetos em parceria com a Câmara Municipal, dos quais de destacam a rede municipal de ATL’s e os diversos projetos extra-curriculares. O novo diretor-geral da cooperativa de ensino “A Ponte Norte” e da Escola Profissional da Ribeira Grande é o engenheiro João Dâmaso Moniz, já o cargo de diretor financeiro é ocupado por Rui Maré, e a diretora pedagógica é Paula Teodoro.