O projeto “Biblioteca Humana” do município de Valongo conquistou o Prémio Boas Práticas de Participação, atribuído pela Rede de Autarquias Participativas.

José Manuel Ribeiro, presidente da Câmara Municipal de Valongo, recebeu o galardão em Faro e salientou que o município “é cada vez mais reconhecido e premiado por projetos ligados ao reforço da Cidadania Ativa e da Promoção dos Valores Universais”.

“Estamos de parabéns e inspirados para continuar a aprofundar esta caminhada, pois é desta forma simples que se previnem os populismos”, acrescentou.

O Prémio Boas Práticas de Participação visa constituir um incentivo à implementação, disseminação e valorização de práticas inovadoras de democracia participativa em Portugal. Neste contexto foi distinguido o projeto “Biblioteca Humana”, uma das atividades de educação não forma implementadas no concelho de Valongo em 2010 e que se dirige a jovens do 9º ano mas que envolve toda a comunidade.

Os objetivos principais são sensibilizar os jovens para a importância da inclusão, da diversidade cultural e da igualdade de oportunidades, combater a discriminação e desconstruir estereótipos, de forma a fomentar a aproximação entre povos, culturas e religiões.

Tudo isto é feito através de “Livros Humanos”, pessoas voluntárias que personificam um determinado estereótipo, como pessoas de etnia cigana, muçulmanos, imigrantes, homossexuais, cegos, entre outros.