No passado domingo, dia 7 de novembro, em cerimónia familiar, porque assim manda o Covid 19, os Bombeiros dos Carvalhos inauguraram uma nova ambulância de transporte de doentes  e mostraram o equipamento, quase inédito a nível de bombeiros, da recuperação de uma viatura VLCI 02 equipada com material de   salvamento animal e salvamento de grande ângulo, e com pessoal   preparado para estas missões.

Sob a presidência de Manuel Cruz, presidente da Assembleia Geral, dos presidentes da direção e conselho fiscal, Ricardo Magalhães e Pedro Sardinha, dos presidentes das Uniões de Freguesias de Pedroso e Seixezelo, Serzedo e Perosinho e Olival, Sandim, Lever e Crestuma, respetivamente Filipe Lopes, João Morais e Manuel Azevedo, do comandante Ricardo Santos, de vários elementos do Quadro de Honra e de outros dirigentes e amigos da Associação e depois das cerimónias da apresentação de cumprimentos de guarda de honra  por elementos do Corpo Ativo, o diácono António, da paróquia de Pedroso, procedeu à bênção da nova viatura, que a seguir Filipe Lopes  “regou” com  espumante, como é usual.

Usaram da palavra Manuel Cruz, que felicitou a Corporação por mais estes meios de assistência e de socorro, nomeadamente da nova ambulância custeada quase na totalidade pelas freguesias de Pedroso e de Seixezelo e manifestou a sua satisfação por verificar que o poder local, neste caso as freguesias, está mais cooperante e atento às necessidades das suas instituições. Ricardo Magalhães salientou também esta colaboração, seguindo-se o comandante do Quadro de Honra Joaquim Póvoas que apresentou a condecoração – a mais alta da Liga dos Bombeiros Portugueses-, que dela recentemente recebeu pelos relevantes serviços à causa dos bombeiros há mais de 40 anos e o comandante Ricardo Santos que salientou as dificuldades sentidas durante o tempo mais severo da pandemia, impedindo, nomeadamente, a entrada em funções de novas escolas de bombeiros. João Morais e Manuel Azevedo congratularam-se por mais este enriquecimento dos Bombeiros dos Carvalhos e prometeram a continuidade do apoio das autarquias a que presidem.

Seguiu-se a entrega de lembranças aos bombeiros que demonstraram maior disponibilidade durante a época DECIR 2021, que nesse dia  se encerrava. Marcante, também e  pelo seu significado,  foi   a oferta de uma bicicleta ao “especialista”  Rúben Monteiro, que ao abrigo de   de um protocolo com a Cerci de Espinho,  trabalha na Corporação no acompanhamento  dos doentes não urgentes e que lhe permite deslocações mais fáceis para  a sua residência.

Foi ainda anunciado o apoio conjunto das Uniões de Freguesias acima referidas e da de Grijó e Seixezelo, da empresa “Procalçado” e do dr. Henrique Cruz e esposa   para a aquisição de 4 DAE’s (desfibriladores automáticos externos) que equiparão outras tantas viaturas de socorro e da oferta que Manuel Fontes Lima e esposa fizeram, em representação dos dirigentes do Clube de Futebol de Burreles, Pedroso e como resultado do encerramento da sua atividade.

Manhã de céu azul, extremamente fria, mas onde a solidariedade aqueceu e irmanou, cada vez mais, os corações dos que ali estiveram presentes para a causa da solidariedade.