O projeto “Expressividades” está a ser desenvolvido com 140 alunos das escolas de Rabo de Peixe, Pico da Pedra e Calhetas.

 

A associação Vidaçor, em parceria com a autarquia, está a desenvolver o projeto “Expressividades” com os alunos do 2.º ano das escolas de Rabo de Peixe, Pico da Pedra e Calhetas, como atividade extracurricular no âmbito das expressões dramáticas.

O presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande esteve presente num dos ensaios, no qual explicou que este projeto “tem uma relevância elevada porque prepara as crianças para as provas de aferição que vão fazer no final do 2.º ano de escolaridade. É uma iniciativa benéfica porque todo o apoio que possam receber durante o ano letivo proporciona-lhes melhores condições para que alcancem um bom desempenho”.

Alexandre Gaudêncio, acompanhado pela vereadora Cátia Sousa, pelo presidente do conselho executivo, André Melo, e pelo responsável pela associação Vidaçor, Rui Tavares, acrescentou que este projeto “contempla ainda aulas de expressão dramática e música”.

Para além deste projeto estar a ser desenvolvido na escola básica e integrada de Rabo de Peixe, o mesmo acontece nas escolas básicas e integradas da Ribeira Grande e da Maia.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com