A Livemotion é uma agência de vídeo marketing, que foi inaugurada, no passado dia 29 de fevereiro, a pensar no mundo digital. O evento contou com a presença de José Guilherme Aguiar, vereador da Câmara Municipal de Gaia, de amigos, de familiares e de potenciais clientes desta nova empresa.

“Boas histórias nunca ficam por aqui” é o mote da Livemotion, que foi fundada por Paula Moreira e nasceu de uma paixão pelas histórias, “histórias onde damos alma e corpo às marcas, pessoas e serviços, usando a criatividade e a autenticidade como combustível. Mais do que vídeos, criamos emoções. O nosso segredo está em criar boas histórias que levem ao despertar de emoções, para que a nossa audiência se sinta tentada a partilhar incentivada pela ligação emocional que sente com a marca”.

“Eu sou socióloga, mas rapidamente percebi o meu gosto pela área, porque trabalhei numa empresa de vídeo marketing durante quase três anos e era um sonho que, efetivamente eu tinha aos 30 anos, mas eu decidi antecipa-lo e estou a apostar nesta área, não só porque é a minha paixão, mas também porque acho que é uma necessidade do mercado, ou seja, o vídeo tem ganho muito palco nas plataformas digitais e é, provavelmente, o meio mais eficaz de impactar uma audiência e eu acredito no futuro do vídeo, acredito no conceito que nós criamos para o vídeo, que se baseia na criação de histórias para despertar emoções nas pessoas e, portanto, eu acredito que tem todas as componentes para ser um projeto de sucesso”, sublinhou Paula Moreira, CEO da Livemotion, ao AUDIÊNCIA.

Assim, surpreender os clientes e a audiência com boas histórias que despertem emoções é a promessa desta empresa, que se foca nas redes sociais e nos websites e cujo público-alvo, para a CEO da agência, “são as marcas em geral dos mais diversos setores, se bem que existe aqui um público-alvo em específico que são os municípios, principalmente para a promoção turística, que é uma área em que nós nos conseguimos distinguir. No entanto, nós estamos preparados para qualquer target, porque nós trabalhamos todas as redes sociais, ou seja, nós focamo-nos em criar os conteúdos certos para as devidas plataformas, porque nós não nos podemos limitar a nenhuma marca”.

Paula Moreira considera ainda que as redes sociais estão saturadas de informação e que grande parte dela é pouco relevante para o utilizador. “Nós assistimos muitas vezes, nas plataformas digitais, mesmo às marcas a publicarem conteúdos só para alimentarem as redes sociais e o que acabam por fazer é criar ruído na própria plataforma. Nós pretendemos criar os conteúdos certos para as plataformas indicadas, através de conteúdos criativos. Eu acredito que o storytelling seja a técnica mais eficaz para introduzir no vídeo, para impactar um público-alvo e, depois, como nós utilizamos muito esse conceito da história e da emoção, se calhar, provavelmente será a nossa maior arma para nos conseguirmos diferenciar da nossa concorrência e como diz o slogan «Boas histórias nunca ficam por aqui», portanto, as histórias nunca ficam por aqui porque o nosso objetivo é alcançar visualizações, partilhas, gostos, comentários, o nosso objetivo é ter tudo isso, ou seja, não nos interessa um vídeo que não tenha visualizações. O nosso objetivo é mesmo trabalhar para impactar, acima de tudo”, explicou a fundadora, enaltecendo que “o vídeo é, neste momento, uma das formas mais eficazes de comunicar online. Toda a gente consome vídeo, mas o que eu pretendo aqui transmitir é que eu não quero fazer vídeos, eu quero fazer bons vídeos e os bons vídeos fazem-se com um conceito, fazem-se criando uma história, fazem-se pensando que estamos a transmitir emoções aos outros e é nesse sentido que eu me quero distinguir”.

Paula Moreira aproveitou ainda a ocasião para salientar que “nós estamos aqui para sermos criativos, para construirmos histórias e histórias com emoção, porque eu quero que o meu vídeo diga alguma coisa a quem o está a receber. Eu quero que a pessoa se sinta feliz, sinta emoções, sinta saudade e sinta orgulho”.

O escritório da Livemotion situa-se no número 872 da Avenida da República, em Vila Nova de Gaia, e, no que concerne ao próprio espaço em si, a CEO elucidou que o que se tentou criar aqui foi um open space, com alguns espaços criativos, porque nós também temos de nos preocupar com os futuros trabalhadores e, portanto, estar só num único local a trabalhar pode não ser muito produtivo. Portanto, nós sempre podemos estar a falar num ambiente aberto, como podemos ir para a sala de reuniões trabalhar, como podemos estar num jardim sem sair do próprio escritório e, como tal, todo o ambiente em si foi feito para isso”.

O vereador da Câmara Municipal de Gaia, José Guilherme Aguiar, fez questão de marcar presença nesta inauguração, em representação do município, e salientou ao AUDIÊNCIA que “eu sou vereador do Empreendedorismo e, por isso, todas as iniciativas da sociedade civil, na área comercial, sejam elas pequenas, médias ou grandes empresas, são sempre bem-vindas para Gaia, porque empresas como esta, que é uma pequena empresa, para já, espero bem que se desenvolva em qualidade e quantidade, mas são, fundamentalmente, locais de negócio privilegiados, são nichos de negócio que nos interessam, quer na área da comunicação e imagem e, por isso, naturalmente que fui convidado e aceitei com muito gosto estar aqui presente na inauguração destas instalações que, para além de tudo mais, são muito interessantes, muito vivas, muito atrativas, o que significa uma grande dinâmica por parte dos seus empreendedores”, asseverando que “a Livemotion é uma empresa de comunicação e imagem, de transmissão de conteúdos e eu também sou o vereador do Turismo e tenho a minha colega que é vereadora da Cultura e nós estamos muito empenhados na divulgação de Gaia, quer para o interior, quer para os nossos habitantes, quer para o exterior, sejam eles os chamados turistas nacionais, quer também para os turistas estrangeiros e, por isso, para mostrar os nossos conteúdos, a nossa mais-valia do concelho de Gaia na sua totalidade, nas suas várias vertentes sejam elas lúdicas, sejam elas na área marítima, sejam na área fluvial, seja na área religiosa, sejam muitas, muitas áreas que nós possamos fazer, é evidente que a Livemotion é uma empresa que poderá, eventualmente, responder a essas necessidades”.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com