O piloto gaiense Martim Marques participou na quarta e penúltima prova do Campeonato de Portugal de Karting KIA, que foi organizada pelo Clube Automóvel do Minho e decorreu nos passados dias 13 e 14 de julho, no Kartódromo de Viana do Castelo.

Há cerca de dois meses, ainda com 7 anos de idade, na pista de Leiria, Martim Marques ficou a 11 milésimos de segundo de conquistar a pole-position na terceira prova do Campeonato de Portugal de Karting da categoria Cadete, onde alinham pilotos até aos 10 anos de idade. Nos passados dias 13 e 14 de julho, no traçado de Viana do Castelo, o piloto de Vila Nova de Gaia, que recentemente completou 8 anos de idade, esteve a escassos metros de vencer (ou ser segundo classificado) na quarta prova. Contudo, João Gouveia, que cumpre o seu terceiro ano na categoria Cadete, abalroou Maria Germano Neto que, por sua vez, foi embater no kart de Martim Marques… ‘estragando’ a prova a ambos. O piloto de Lisboa foi desclassificado do evento, mas o principal prejuízo ficou para Martim Marques e Maria Germano Neto, impedidos de vencer de forma tão injusta.

Entre 17 participantes, Martim Marques mostrou logo na primeira manga de qualificação que estava a disputar a quarta prova do Campeonato de Portugal de Karting, capaz de obter uma boa classificação final, dado que foi o terceiro classificado, tendo passado pela liderança.

Na segunda manga de qualificação, o piloto da equipa RAC – Racing Academy & Competition voltou a estar em evidência, pois foi o quarto classificado e o autor da volta mais rápida, percorrendo os 1117 meros do traçado minhoto em 52,308s.

Assim, Martim Marques largou para a corrida final da terceira posição e manteve a sua rapidez. Depois de muita luta com um grupo de adversários, o jovem gaiense ficou, nas derradeiras voltas, a discutir a vitória com a experiente e líder do campeonato Maria Germano Neto. A poucos metros do final da corrida, tanto Martim Marques com Maria Germano Neto preparavam-se para ver a bandeira xadrez ou na primeira ou na segunda posição, mas o piloto João Maria Gouveia – que ia ser ‘dobrado’ – abalroou o kart da piloto de Guimarães, que, por sua vez, foi embater no kart do jovem piloto gaiense, ficando ambos fora de pista, felizmente sem consequências físicas. O piloto que originou o acidente foi desclassificado, mas, como já mencionámos, o principal prejuízo foi para Martim Marques e Maria Germano Neto, pois quer um quer outro poderia ter ganho a Final. “Nunca vi nada assim”, começou por comentar Ricardo Costa, chefe da equipa RAC – Racing Academy & Competition, sendo, naturalmente, também a frase mais audível no paddock. “O Martim tem sofrido toques, alguns que considero próprios de corrida, outros não. Mas até dizemos que é bom para ele aprender, pois ainda só fez apenas 8 anos de idade esta semana. Na RAC, não queremos para já vitórias do Martim. Queremos que ele evolua. Mas o que aconteceu nesta prova foi muito feio. O Karting não é isto, o Karting é uma escola de valores”, concluiu Ricardo Costa, sem querer alongar-se mais.

Martim Marques e Maria Germano Neto, apesar de serem forçados a abandonar a corrida, foram chamados ao pódio pelos próprios pilotos que lá estavam e ouviram por um longo período de tempo fortes aplausos, como há muito não se ouvia numa cerimónia de entrega de prémios. E estas atitudes é que fazem do Karting uma “escola de valores”, como referiu Ricardo Costa.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com