O MCG – Movimento de Cidadãos por Gaia completou uma década em prol dos gaienses. Foi no dia 1 de fevereiro de 2011 que o Movimento de Cidadãos por Gaia iniciou a sua atividade e, até ao momento, já apoiou gratuitamente cerca de 8.600 gaienses na procura de soluções para problemas relativos a IRS, endividamento, IMI, finanças, rendas, segurança social, entre outros, mas dos quais se destaca o preenchimento e entrega das declarações anuais de rendimentos.

Ao longo destes dez anos de existência, o Movimento de Cidadãos por Gaia promoveu debates sobre variados temas de interesse para a população gaiense, também organizou 16 conferências, seis tertúlias, cinco ações de sensibilização, três palestras e duas sessões de esclarecimento sobre o IRS. Além disso, o MCG também realizou 19 caminhadas de interesse cultural, seis pedipapers, dez visitas ao Património Cultural Gaiense e um dia verde. O movimento ainda entregou 8069 euros de donativos angariados em cinco espetáculos e uma caminhada, promoveu ainda três concertos de Natal e Ano Novo e três caminhadas de recolha de alimentos e produtos de higiene.

A proliferação da pandemia durante o ano de 2020 fez com que poucas atividades pudessem acontecer durante o ano, assim sendo, o MCG realizou apenas dois eventos: o Concerto Solidário de Ano Novo no Santuário Coração de Maria, nos Carvalhos (Pedroso), com a participação do Coro Cardo e do Coro da Tuna Juvenil de Sermonde, onde foram angariados produtos alimentares que foram entregues à Cantina Social do Lar Juvenil dos Carvalhos; e o jantar do nono aniversário no Orfeão de Valadares, com a participação de 30 cidadãos. Mas nem a Covid-19 demoveu o MCG, que continuou o seu trabalho de forma virtual, fazendo partilhas diárias no facebook e por email.

Como consequência da ausência de iniciativas, a Comissão Administrativa do Movimento de Cidadãos por Gaia isentou o pagamento das quotas de 2020, dos seus 84 associados.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com