Consequência da situação causada pela COVID-19, o Governo dos Açores criou um apoio à manutenção da atividade das pequenas queijarias açorianas num valor de 133 mil euros.

 

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas visitou a queijaria Capriaçores, no Pico da Pedra, uma fábrica que produz queijos fresco e curado há 26 anos, tendo destacado a importância destas queijarias ao nível da dinamização do setor leiteiro na criação de produtos de valor acrescentado, de emprego e de riqueza.

“Os Açores contam atualmente com 15 queijarias tradicionais dispersas por várias ilhas, negócios empreendedores, feitos com muita paixão e que muito têm contribuído para o desenvolvimento e o progresso do setor agrícola”, disse João Ponte na ocasião onde revelou que no último ano as pequenas queijarias açorianas transformaram seis milhões de litros de leite.

Ainda que as queijarias tradicionais na Região tenham vindo a passar por um período de dificuldade em virtude dos efeitos da pandemia devido a quebras de vendas, o governante constatou que muitas têm conseguido contornar as adversidades com empenho e criatividade.

Devido aos obstáculos que este setor tem encontrado, João Ponte relembrou que o Governo criou um apoio à manutenção da atividade destas empresas e anunciou que foram aprovadas 15 candidaturas das ilhas do Faial, Graciosa, Pico, São Miguel, Terceira e Flores, no valor global de cerca de 133 mil euros.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com