O Dispositivo da Polícia de Segurança Pública do Comando Metropolitano do Porto concluiu, no passado dia 12 de abril, uma operação policial cujo propósito assentou na desagregação de um grupo de indivíduos que se dedicavam, de uma forma organizada, à prática do furto, desmantelamento e distribuição de componentes de viaturas automóveis.

A operação da Divisão de Investigação Criminal (DIC) da PSP do Porto foi iniciada há cerca de dois anos e permitiu recuperar artigos e viaturas furtados nas áreas do Porto, Vila Nova de Gaia, Matosinhos, Maia, Gondomar, Valongo, Trofa, Santa Maria da Feira, Paços de Ferreira, Lousada, Paredes, Penafiel e Felgueiras.

Segundo o Comando Metropolitano do Porto da Polícia de Segurança Pública, a investigação resultou na detenção de três indivíduos, com idades compreendidas entre os 36 e os 41 anos, residentes de Gondomar e Braga.

No que respeita as apreensões, a PSP confiscou oito viaturas, quatro das quais constavam para apreender por terem sido furtadas; trinta conjuntos de jantes e respeitos pneus de viaturas de gama alta; artigos desmantelados de automóveis tais como bancos, centralinas, volantes, sistemas de rádio e som, GPS’s, manómetros, quadrantes – painel de instrumentos e cadeiras de transporte de crianças; equipamentos e ferramentas utilizadas na prática dos ilícitos criminais; ferramentas destinadas a vários setores de atividade; uma pistola; e diversos telemóveis.

A PSP do Porto destacou ainda a investigação realizada pela DIC, que desencadeou uma operação policial, que visou indivíduos que, de forma organizada, se dedicavam ao tráfico de estupefacientes, na área da cidade da Maia.

A investigação dura há cerca de um ano e contemplou, no passado dia 12 de abril, a realização de seis buscas domiciliárias, na cidade da Maia, que tiveram como resultado a detenção de dois homens, de 18 e 20 anos de idade, e na apreensão de Haxixe suficiente para cerca de 733 doses individuais; 247 gramas de Anfetaminas; a quantia de mil euros; uma pistola e 65 munições; e duas balanças de precisão, assim como de diversos objetos utilizados na venda direta de estupefacientes.