No final do mês de setembro realizou-se a regata Liga Vela Portugal – Lusíadas Saúde, que em conjunto com a regata feminina Woman On Water, realizada na mesma data, decidiu o apuramento das equipas portuguesas para a Champions League Internacional de Vela.

Nesta que foi a primeira regata entre clubes a realizar-se em Portugal, estiveram presentes 11 tripulações na água, 44 velejadores, entre eles alguns dos melhores, com títulos nacionais e internacionais, que realizaram, ao todo, 18 regatas no Rio Douro, junto às margens de Vila Nova de Gaia e Porto

A competição acabou por sagrar campeão Martinho Fortunato, um dos melhores velejadores nacionais, ex-campeão do mundo da classe 420, atual atleta do Clube de Vela de Lagos, que teve como tripulantes os seus filhos, Marta e Martinho Fortunato, e Frederico Batista. A equipa do clube gaiense We Do Sailing, era uma das favoritas ao título, no entanto foi desclassificada na última regata da meias finais por ter realizado uma partida adiantada. Esta equipa foi liderada pela dupla de irmão Diogo e Pedro Costa, que integram o projeto olímpico de vela de 470 e estão a fazer provas de apuramento para os próximos Jogos Olímpicos de Tóquio 2021.

Marcou ainda presença na competição tripulações de clubes de referência como do Clube Naval de Cascais, Clube de Vela Atlântico, Yate Clube do Porto, Sport Clube do Porto, Sport Algés e Dafundo, Clube de Vela do Barreiro, CIMAV Vilamoura, Clube de Vela de Viana do Castelo e Clube de Vela do Sado.

A Liga Vela Portugal – Lusíadas Saúde foi organizada pela Academia de Vela BB Douro, com o apoio da SailCascais. Em tempo de pandemia, a organização da regata teve ainda o apoio da Lusíadas Saúde, que criou uma atmosfera segura para os participantes, tendo uma equipa de profissionais disponível para atuar em situações de urgência e tendo colocado à disposição um posto de rastreio à Covid19 para todos os atletas e equipas técnicas.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com