Os habitantes da freguesia de São Brás uniram-se num convívio organizado pela Junta de Freguesia no passado dia 9 de dezembro. Uma reunião que juntou cerca de 400 pessoas no Centro Social e Paroquial de São Brás.

A Junta de Freguesia de São Brás organizou um almoço de Natal. Um convívio em que participaram as várias entidades e associações locais, tais como o Centro de Dia, o Grupo Coral, a Comissão do Espírito Santo, a Comissão da Igreja, o ATL, a Associação Trevo 4 Folhas, a Associação Cultural de São Brás – Horizontes e ainda o Grupo de Romeiros, bem como os restantes residentes da freguesia. No primeiro almoço organizado o número de participantes era mais reduzido, mas comprova-se que a adesão está a aumentar.

De acordo com o presidente da Junta de Freguesia, “queremos reunir as pessoas, e esta é também uma forma de as unir”. António Monteiro, que exerce neste momento o segundo mandato, conta que este é o quinto almoço de Natal consecutivo em São Brás, sendo que o primeiro aconteceu durante o primeiro ano de mandato: “já fazíamos algumas festas aqui na freguesia, então surgiu a iniciativa de fazer este almoço. No princípio estávamos com a ideia de visitar os idosos ou quem estivesse doente, mas depois pensámos que poderíamos fazer algo mais”.

Esta festa de Natal tem como objetivo agregar os locais. “Para fazer este almoço compramos algumas coisas e entregamos às pessoas, que ficam muito satisfeitas porque fazem as refeições com gosto. Cada um faz um prato de comida e temos este resultado: esta linda festa”.

Carlos Simas, pároco da freguesia, afirma que “este almoço é muito importante, tendo em conta a reunião que nós temos. Onde há pessoas há um bom convívio. E nós proporcionamos isso: o entendimento e o convívio entre as pessoas”.

Segundo António Monteiro, ainda que o orçamento de uma junta de freguesia seja reduzido, há capacidade para realizar este convívio, tendo em conta que as entidades da freguesia “voluntariam-se para ajudar na confeção da refeição”.

Em declarações ao Audiência, António Monteiro falou sobre o passado e também sobre o futuro de São Brás, não poupando elogios ao trabalho desenvolvido em conjunto com a Câmara Municipal da Ribeira Grande (que se fez representar no almoço com a presença de Alexandre Gaudêncio).

O ‘call center’ criado pela Junta de Freguesia foi uma das iniciativas. O presidente explica que o intuito é ajudar os idosos: “ligamos e perguntamos se necessitam de alguma coisa, se tomaram a medicação… quando precisam, vamos lá e ajudamos”, afirmando que “estamos sempre dispostos a ajudar os idosos”. A Festa Branca que acontece durante o verão também é um motivo de orgulho para o poder local.

Neste momento, a obra maior na freguesia é um parque de estacionamento que está a ser feito com a colaboração da autarquia e da Diocese. Para o futuro, faltam reparar alguns caminhos e fazer o Posto de Turismo, também com a colaboração da Câmara Municipal.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com