Duas comitivas representativas da Câmara Municipal da Maia e da Junta de Freguesia da Cidade da Maia (Porto) visitaram os Paços do Concelho da Câmara Municipal da Ribeira Grande no passado dia 2 de maio, no âmbito da sua visita à Maia, por ocasião da data comemorativa da fundação desta freguesia. Paulo Ramalho e Olga Freire foram acompanhados pelo anfitrião do dia anterior, Jaime Rita, bem como por Alexandre Gaudêncio.

Alexandre Gaudêncio, presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, recebeu Paulo Ramalho, vereador da Câmara Municipal da Maia, Olga Freire, presidente da Junta de Freguesia da Cidade da Maia, e Jaime Rita, presidente da Junta de Freguesia da Maia, nos Paços do Concelho do município, no passado dia 2 de maio, sendo que no dia anterior as duas comitivas participaram nas comemorações da fundação da freguesia da Maia, retribuindo assim uma visita feita anteriormente por Jaime Rita e a sua comitiva ao norte do país, havendo em vista uma futura geminação entre ambas as freguesias (Junta de Freguesia da Cidade da Maia (Maia) e Junta de Freguesia da Maia (Ribeira Grande).

Na ocasião, Alexandre Gaudêncio realçou a sua vontade de aproximação entre a cidade norte da ilha de São Miguel e o norte do país, tendo este encontro servido para “estreitar relações a nível empresarial entre os municípios”, com o objetivo de abrir-se “a porta para desenvolvimentos futuros nas áreas turística e económica”.

O autarca ribeiragrandense aproveitou o momento para convidar ambas as comitivas para se deslocarem à Ribeira Grande por altura das festas de Nossa Senhora da Estrela, que se realizam no início de fevereiro e que têm como um dos pontos altos o tradicional “Cantar às Estrelas”, a 1 de fevereiro. Também o presidente da Junta de Freguesia da Maia demonstrou vontade para que os convidados regressassem à ilha para que, da próxima vez, possam ter uma estada “mais prolongada para poderem conhecer as belezas da ilha e em especial da Ribeira Grande”.

Por sua vez, Paulo Ramalho afirmou que a Câmara Municipal da Maia está “inteiramente disponível” para colaborar com a Câmara Municipal da Ribeira Grande e com a freguesia da Maia em “qualquer circunstância”, desde que esteja “no âmbito das nossas possibilidades”. O vereador do município da Maia espera por uma visita dos ribeiragrandenses nos próximos “12 meses”, para que possam “estreitar as nossas ligações, trabalhar em conjunto, partilharmos as nossas ideias, os nossos conhecimentos e a nossa experiência”.

Já a presidente da Cidade da Maia fez um apelo a Alexandre Gaudêncio para trabalhar juntamente com os presidentes das juntas de freguesia do concelho da Ribeira Grande. De acordo com Olga Freire, “muitas vezes os presidentes de Câmara acham que os presidentes de junta são rivais da Câmara Municipal”, no entanto “não somos e não queremos ser”, afirmando “queremos ser parceiros”.

A governante continuou o seu discurso: “todavia não gostamos de ser vistos como menores porque os nossos votos valem tanto como os vossos e fomos legitimamente eleitos. Deixo este apelo para que trabalhe com as freguesias” que não são todas iguais e por isso mesmo cada uma merece especial atenção.

Após Alexandre Gaudêncio ter trocado lembranças com Olga Freire, Paulo Ramalho e Jaime Rita, guiou os convidados até à Casa do Município, onde os visitantes ficaram a conhecer momentos do concelho, tais como o desenvolvimento demográfico, os antigos presidentes de Câmara ou o impacto atual do turismo na economia.

Paulo Ramalho e Olga Freire partiram da cidade da Ribeira Grande com a promessa de voltar para que se possam aumentar os relacionamentos entre o norte do país e o norte da ilha de São Miguel.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com