Num domingo de inverno há 38 anos comecei a namorar no jardim da Foz. Apanhamos o autocarro na Alfândega, mas o “nervoso” era muito que já nem me lembro o número do autocarro. Iniciamos o passeio…um momento único e perfeito….porque era primeiro namorado, primeira saída e o primeiro Amor.

Tudo era novidade…até o sítio foi perfeito…uma tarde cheia de sol, um mar calmo, uma brisa ligeira que suavizava a novidade da situação. A conversa fluía, com uma rapidez que fazia acelerar o tempo. A tarde passou a “voar” e de repente o meu namorado deu me a mão e disse: o sol está a fugir! Eu olhei o céu…e de repente…o meu primeiro beijo roubado. Tão inocente e tão profundo.

E assim, começou o meu namoro, que mais tarde deu em casamento. Foi com esta pequena mensagem de Amor que ganhei no Passatempo do dia dos namorados feito pelos STCP,onde me ofereceram  duas entradas no Museu do Carro Eléctrico e dois bilhetes para andar no Eléctrico, no meu primeiro dia de férias fui visitar o Museu a funcionária foi muito simpática e o dia ficou muito emotivo.  O passeio foi maravilhoso, o eléctrico ficou super cheio de turistas e desfrutar da paisagem do Rio Douro e toda Costa Ribeirinha é de tirar o fôlego.

O cenário já foi visto muitas vezes mas num eléctrico com tanto passado, tantas histórias fez toda a diferença e deixou-me muito orgulhosa em ser Portuguesa.  No final da tarde depois de terminar a passeata nada melhor do que lanchar e partilhar as emoções de uma tarde, muito bem desfrutada, que ficará na minha memória para toda a vida.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com