Depois de ter comemorado sete anos de existência e de prestação de serviços diferenciadores, a ComprarCasa Ponta Delgada inaugurou, no passado dia 6 de maio, a sua terceira loja, que representa, segundo António Afonso, gerente da empresa, “o crescimento da equipa e a expansão da marca, que é de referência na mediação imobiliária e na intermediação de crédito”.

 

 

A imobiliária ComprarCasa Ponta Delgada inaugurou, no passado dia 6 de maio, a sua terceira loja, o que, para António Afonso, gerente da empresa, simboliza “o crescimento da equipa, a expansão da marca, que é de referência na mediação imobiliária e na intermediação de crédito, e a multiplicação de uma fórmula de sucesso”.

Assumindo-se como sendo “um local de atendimento adicional, com uma localização privilegiada”, este espaço está dotado, segundo o gerente, “das mais recentes novidades tecnológicas, que têm vindo a surgir, em termos de acompanhamento e promoção dos imóveis dos nossos clientes. Esta loja, à semelhança das restantes, oferece ao público, e aos nossos colaboradores, espaços privilegiados e condições únicas de conforto e confidencialidade, com acesso aos mais modernos métodos de visualização e partilha de informação dos Açores, para qualquer parte do mundo”.

A ComprarCasa Ponta Delgada foi a primeira imobiliária dos Açores a ser distinguida com o Prémio Cinco Estrelas, um galardão que conquistou em 2022, pelo segundo ano consecutivo. “Este prémio representa um marco diferente, não só porque, em 2021, foi a primeira vez que foi conferido a uma empresa de mediação imobiliária, a exercer funções nos Açores, mas porque, este ano, representa a continuidade de uma avaliação, que tem sido feita e que diz respeito a todas as imobiliárias que, independentemente da marca, estão a exercer a sua atividade no arquipélago. Esta distinção, dá-nos um orgulho redobrado, pelo feedback positivo do júri e dos próprios consumidores, por todas as pessoas que trabalham connosco e pela população de São Miguel, que reconhece todo o trabalho que temos vindo a fazer”, enalteceu António Afonso, em entrevista exclusiva ao AUDIÊNCIA.

Garantindo que “somos a única rede imobiliária com Selo e Certificação de Qualidade (ISO 9001:2015), uma rede imobiliária da APEMIP (Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária) e a maior rede imobiliária ibérica”, o gerente voltou a sublinhar a fórmula de sucesso desenvolvida pela empresa, explicando que “tem a ver com uma área que nós conhecemos e trabalhamos exaustivamente, um acompanhamento rigoroso, empenho e profissionalismo, que asseguram a venda da maior parte dos imóveis, que nós angariámos, assim como o número crescente de clientes fidelizados, não só vendedores, mas compradores, que conhecendo a qualidade da prestação dos nossos serviços, fazem questão de trabalhar connosco. Saliento, ainda, que são cada vez mais os compradores continentais e, acima de tudo, os estrangeiros, que, para contratualizarem à distância, necessitam, aqui, de pilares básicos como a segurança e confiança, pois independentemente de estarem, ou não, próximos, sabem que trabalham com alguém, que os representa da melhor forma”.

Neste contexto, António Afonso esclareceu que os bens imóveis “continuam a ser um produto de retorno garantido e, portanto, é o melhor investimento que os particulares e as empresas podem fazer, não só em termos de retorno de capital, mas, também, em termos do seu próprio bem-estar e do seu conforto pessoal. (…) Os Açores vão ser, paulatinamente, um destino de eleição e de futuro, para se viver, (…) pois nós estamos a duas horas de Lisboa e do Porto, num sítio único, com características particulares, de fácil acesso e, portanto, será, cada vez mais, um destino de eleição”.

Com o objetivo de estar mais próximo das pessoas e em locais de fácil acesso, o gerente da ComprarCasa Ponta Delgada assumiu que vai dar continuidade ao projeto de expansão, “estando prevista a abertura de uma quarta loja, numa expectativa de seis meses, também em Ponta Delgada, para dar seguimento a este mercado, pois apesar de estarmos neste concelho, nós trabalhamos em toda a ilha”, revelando, ainda, que “está, obviamente, pensado o alargamento das nossas lojas para outros locais, nomeadamente para a Ribeira Grande, porque, apesar da importância do mundo digital, nós continuamos a privilegiar muito o contacto pessoal e sentimos a necessidade de estarmos próximos dos nossos clientes, pelo que a abertura de novas lojas, também tem a ver com esta realidade”.