Alexandre Gaudêncio alertou para o estado de degradação da antiga escola Gaspar Frutuoso, em representação dos eleitos pelo PSD e pelo PS.

 

“O estado de degradação em que se encontra a antiga escola Gaspar Frutuoso é preocupante”. As palavras são de Alexandre Gaudêncio, que conforme comunicado de imprensa, representam também a opinião dos restantes eleitos pelo PSD e pelo PS, representados pelo presidente do município.

De acordo com o autarca, este espaço “poderia estar a ser utilizado para outros fins que não aqueles a que se assiste no momento”. O executivo lamenta que esta infraestrutura tenha sido alvo de “sucessivos atos de vandalismo que deixaram um amontoado de lixo no seu interior, transparecendo para o exterior um aspeto desleixado que em nada se coaduna com a zona envolvente”.

“Há cerca de dois anos que vimos alertando a tutela para a degradação do espaço”, lembrou Alexandre Gaudêncio, acrescentado que “ a vice-presidência do Governo Regional dos Açores nada tem feito para travar a destruição deste património”. O autarca procede: “já enviamos vários ofícios à vice-presidência do Governo Regional dos Açores, a quem compete a gestão do património, mas o que é facto é que ninguém nos responde aos ofícios”, lamentou.

Para Alexandre Gaudêncio, “a antiga escola Gaspar Frutuoso, no estado em que se encontra, não dignifica a Ribeira Grande nem a freguesia da Matriz”, em particular.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com