Depois de ter sido a primeira mulher a assumir a presidência da Federação das Coletividades do Distrito do Porto, Joana Nogueira foi eleita presidente da Academia das Coletividades do Distrito do Porto, no passado mês de março.

Neste seguimento, esta instituição, que passou a ter, pela primeira vez na sua história, uma mulher como presidente, pretende ser uma alavanca para a inovação, tão necessária em áreas fulcrais, no movimento associativo.

Deste sufrágio saiu, de acordo com a presidente eleita para o mandato 2022-2024, “uma equipa jovem e renovada nos destinos da instituição, de âmbito distrital”.

A Academia tem como missão promover o ensino e a formação na área associativa, formar e capacitar dirigentes, associados, funcionários e voluntários das coletividades.