A empresa Metalogalva, sediada na Trofa e integrada no Vigent Group, anunciou a aquisição de 49% da companhia francesa Petitjean, que tem sede em Troyes e atua nas áreas de iluminação pública, estruturas tubulares para transporte, distribuição de energia e telecomunicações, tendo faturado 49,1 milhões de euros, em 2019.

 

 

A Petitjean foi fundada em 1959, por Daniel Petitjean e está sediada em Troyes, numa área industrial de 30 hectares, onde desenvolve, concretiza e entrega todas as suas soluções. Esta empresa, que é reconhecida mundialmente pela sua experiência no setor e pelos altos padrões de qualidade das suas soluções inovadoras, faturou, em 2019, 49,1 milhões de euros e emprega 350 pessoas.

Com esta aquisição, a Metalogalva prevê faturar, em 2020, 150 milhões de euros em termos consolidados. A empresa foi criada em 1971 pelos irmãos Adelino e Joaquim Silva, empregando, atualmente, mais de 650 pessoas, nas cinco unidades nacionais, que tem espalhadas pela Trofa, Vila do Conde e Albergaria-a-Velha e está presente em 14 países, nomeadamente em Portugal, Espanha, França, Itália, Polónia, Alemanha, Bélgica, Reino Unido, Argélia, Ucrânia, Senegal, Canadá, Moçambique, Brasil e Arábia Saudita, onde há dois anos montou uma fábrica de estruturas metálicas para projetos de energias renováveis.

Sérgio Silva, CEO do VigentGroup, demonstra-se “muito satisfeito com esta aquisição, que permitirá incrementar a quota de mercado da Metalogalva em França para um valor consolidado de 43 milhões de euros. É uma aposta estratégica muito importante, que nos permitirá melhorar toda a supply chain e desenvolver importantes sinergias ao nível da investigação & desenvolvimento” e garante que a Metalogalva pretende “manter a gestão atual”, indicando que “a estratégia passará por manter as marcas, devido ao reconhecimento de ambas na Europa, procurando a cooperação entre os diferentes departamentos, numa lógica de complementaridade”.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com