No passado dia 19 de março, foi inaugurada mais uma horta urbana em Paranhos pelo Município do Porto e a Lipor. É a 13ª horta do Município e conta com 32 talhões para cultivo em modo biológico.

“Com a abertura desta Horta, o Município do Porto disponibiliza aos seus munícipes um total de 176 talhões municipais a que se somam 331 talhões geridos por entidades parceiras (associações, IPSS, entre outras) num conjunto de 507 talhões que representam um total de 44 114 m2 de área de cultivo”, refere a Lipor em comunicado.

O projeto, nos Municípios Associados da Lipor (empresa intermunicipal que trata dos resíduos urbanos produzidos pelos oito municípios que a integram: Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo e Vila do Conde) conta, neste momento, com 1 843 talhões distribuídos por 55 Hortas, perfazendo uma área total de 127 291 m2 de cultivo em modo de agricultura biológica.

As hortas urbanas têm despertado um interesse crescente da população, nomeadamente pelo reconhecimento como espaços de promoção do ambiente, da saúde e um espaço de socialização.

Pretende-se, com este projeto, melhorar o ambiente em diversas comunidades urbanas locais, através de práticas como a compostagem caseira e agricultura biológica. “O projeto das Hortas Urbanas pressupõe a criação de espaços verdes dinâmicos e úteis, promovendo a biodiversidade e boas práticas agrícolas.”, explica a Lipor.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com