Inserido no projeto “Medicina Mais Perto”, organizado pelo departamento de Saúde Pública e Sexual da Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina de Lisboa (AEFML), vai decorrer no dia 18 de março um rastreio gratuito à hipertensão arterial e diabetes.

O rastreio terá lugar no Teatro Ribeiragrandense, no período da manhã, e visa informar e consciencializar a população para os problemas de saúde, bem como capacitar cada um dos indivíduos para o controlo dos determinantes da sua própria saúde.

A iniciativa conta com o apoio da Câmara da Ribeira Grande e pretende identificar novos casos de hipertensão arterial e diabetes, divulgando a importância da prevenção primária e secundária destas patologias, prestando também aconselhamento nutricional e alimentar, promovendo estilos de vida saudáveis.

Esta é a nona edição do projeto “Medicina Mais Perto” e destina-se a um público-alvo muito variado que vai desde as crianças do ensino básico, adolescentes do terceiro ciclo e ensino secundário e idosos de centros de dia/lares.

Trata-se de um projeto de promoção da saúde em localidades afastadas dos grandes centros urbanos, dinamizado por alunos de Medicina. No decurso do mesmo, serão desenvolvidas atividades de rastreio e ações de formação, com o intuito de sensibilizar a população-alvo para as doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, obesidade, álcool, tabaco e drogas, saúde mental e infeções sexualmente transmissíveis.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com