REVIVE pode ser solução para antigo edifício das Finanças

A degradação do antigo edifício das Finanças, propriedade do Estado Português (localizado na Rua Espírito Santo) tem sido uma preocupação da autarquia ribeiragrandense. Neste âmbito, o Presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, aquando de uma reunião em Lisboa com o subdiretor-geral da Direção-Geral do Património Cultural, afirmou que a intenção da autarquia é candidatar a reabilitação do edifício ao programa REVIVE – Reabilitação, Património e Turismo, acrescentando que “obtivemos boas indicações de que será possível recuperar o edificado por esta via”.

O programa REVIVE é conduzido por uma equipa técnica que integra representantes da Direção-Geral do Património Cultural, da Direção-Geral do Tesouro e Finanças, da Direção-Geral dos Recursos da Defesa Nacional e do Turismo de Portugal, I.P., contando, ainda, com o envolvimento dos municípios ao nível da localização dos imóveis.

200 crianças participam no IV Festival Infantil de Folclore

A quarta edição do Festival Infantil de Folclore ocorreu no Teatro Ribeiragrandense, juntando vários grupos da rede dos CATL’s municipais, numa reunião de cerca de 200 crianças entre os seis e os 12 anos.

Um dos principais objetivos da organização (Câmara Municipal da Ribeira Grande e cooperativa A Ponte Norte) é, de acordo com a vereadora Cátia Sousa, “continuar a incutir nos mais jovens o gosto pelas tradições locais e manter viva aquela que é uma das atividades mais características do concelho” para que não se percam “os hábitos culturais mais antigos”.

Autarquia promove ações de sensibilização durante a Semana Europeia da Prevenção de Resíduos

A Semana Europeia da Prevenção de Resíduos aconteceu de 16 a 24 de novembro. Durante esta semana a Câmara Municipal promoveu diversas atividades junto da população ribeiragrandense, como por exemplo uma ação de sensibilização junto dos comerciantes locais, de forma a incentivar os comerciantes a manter e reforçar a reciclagem dos materiais que utilizam diariamente, nomeadamente plástico, papel, vidro, verdes (ramos de árvores, sobrantes de podas ou relva) e hortícolas. O enfoque foi dado sob a recolha dos últimos dois todas as quartas-feiras a partir das 20h.

Da mesma forma, também foram distribuídas de forma gratuita garrafas de vidro pelas diversas divisões da autarquia, com o intuito de promover o consumo de água da torneira e reduzir o uso de garrafas de plástico. De acordo com Alexandre Gaudêncio, “esta é apenas mais uma ação desenvolvida pela autarquia tendo em vista a abolição do plástico descartável e surge no seguimento de outras que tiveram lugar ao longo do verão, com maior enfoque nos festivais, nos quais tiveram lugar diversas iniciativas que visaram o incentivo dos materiais reutilizados e reutilizáveis”.

A Semana Europeia da Prevenção de Resíduos terminou na sexta-feira com a realização de um desfile alusivo à temática, na Rua Direita, envolvendo os alunos que frequentam os diversos estabelecimentos de ensino do concelho.

“Visão estratégica da autarquia começa a dar frutos”, afirma Gaudêncio

O município da Ribeira Grande marcou presença no Fórum dos Municípios – Orienta Empresas, promovido pela Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada. O evento culminou com a apresentação dos diversos concelhos das ilhas de São Miguel e Santa Maria no Pavilhão do Mar em Ponta Delgada.

Na mesa redonda que proporcionou um debate sobre o desenvolvimento de ações de apoio ao tecido empresarial do grupo Oriental, o presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande assegurou que “a visão estratégica da autarquia, que desenvolveu planos estratégicos em 2015, começa a dar frutos no que diz respeito à captação de novos negócios para o concelho”. Alexandre Gaudêncio especificou que essa visão assenta em três vertentes: económica, social e cultural, e acrescentou que “se na vertente social a preocupação tem sido apoiar os que mais necessitam, na económica temos tido o propósito de alavancar a economia através da cultura. É por isso que temos investido em eventos que têm trazido muitas pessoas ao concelho, com reflexos diretos e positivos para a economia local e para a projeção da Ribeira Grande no exterior”.

Filipe Jorge: “base sólida” da estrutura familiar é sinónimo de sucesso escolar

A cerimónia de entrega dos diplomas do quadro de honra da Escola Básica Gaspar Frutuoso teve como objetivo distinguir os melhores alunos daquele estabelecimento de ensino no passado ano letivo.

O vereador da Cultura, Filipe Jorge, esteve presente. Além de parabenizar os alunos distinguidos, realçou que “o mérito escolar é fruto da capacidade de empenho, dedicação e esforços constantes de cada um”, mas também que esse mérito “só é possível com uma base sólida ao nível da estrutura familiar e dos professores que os acompanharam ao longo dos últimos anos”.

150 mil euros investidos na Rua dos Moinhos

A Rua dos Moinhos na Ribeirinha foi alvo de obras de intervenção ao nível de saneamento básico e reabilitação de pavimentos. A obra adjudicada à empresa A.R. Casanova foi adjudicada no passado mês de maio e teve um prazo de execução de 120 dias.

‘In loco’, o Presidente da autarquia ribeiragrandense fez questão de recordar que a Câmara Municipal já investiu cerca de “meio milhão de euros em obras de saneamento básico”, e que à intervenção realizada na Rua dos Moinhos, orçada em cerca de 150 mil euros, “somamos as intervenções já concluídas na Avenida Joaquim Maria Cabral, na Rua Pe. José Lucindo da Graça e na ligação da rua do Jogo ao bairro de Santa Rosa”.

Orçamento de 1.3 milhões de euros para estabilização de taludes na estrada Maia/Lombinha da Maia

A Câmara Municipal da Ribeira Grande já procedeu ao lançamento do concurso público para a empreitada de requalificação do caminho municipal 519 (estrada que liga a Maia à Lombinha da Maia).

A obra será desenvolvida em duas fases: a primeira (estabilização dos taludes) está orçada em cerca de 500 mil euros; a segunda (alargamento da via com duas faixas de rodagem com 2,5 metros cada e passeio a norte da via com 1,20 metros) está orçada em cerca de 800 mil euros.

“Mala da Prevenção” sensibiliza jovens para os perigos do consumo de drogas

Os agentes da PSP da ilha de São Miguel realizaram uma ação de sensibilização através do projeto “Mala da Prevenção”, promovido pelo projeto Escola Segura da PSP da Ribeira Grande.

Este projeto visa sensibilizar os jovens para os perigos inerentes ao consumo abusivo de álcool e estupefacientes, sendo também direcionado para os agentes que diariamente lidam com situações de risco.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com