O presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande participou, na 33.ª edição das Grandes Festas do Divino Espírito Santo da Nova Inglaterra, nos Estados Unidos da América. As principais memórias desses dias recaem sobre a homenagem feita a Rabo de Peixe durante o cortejo alegórico, bem como sobre a preservação das tradições açorianas naquela que é a maior manifestação cultural açoriana na diáspora.

 De 22 a 26 de agosto os açorianos de Nova Inglaterra, Rhode Island, Califórnia, Canadá e até da Bermuda reuniram-se naquela cidade para comemorar o Divino Espírito Santo.

Aquela que é uma tradição açoriana, já se espalhou pela diáspora, tendo ainda maior força em Fall River por ali se encontrar uma grande comunidade de açorianos.

 Alexandre Gaudêncio partiu para Fall River, onde representou o concelho ribeiragrandense juntamente com a sua esposa, Ana Feijó Gaudêncio. Confessa ao AUDIÊNCIA que “foi um gosto” participar nas Grandes Festas do Divino Espírito Santo da Nova Inglaterra, não só pela forma como foram recebidos, mas também “pela forma como continuam a manter as tradições”.

Prova disso foi que durante o desfile alegórico que acontece na manhã de sábado, houve uma grande alusão a Rabo de Peixe. Como conta o autarca, “durante o desfile presenciámos um baile típico dos pescadores de Rabo de Peixe e havia também um quadro alegórico com a representação da Igreja do Bom Jesus de Rabo de Peixe”. Para Alexandre Gaudêncio, “isto revela que as nossas tradições estão bem vincadas, principalmente naquela zona dos Estados Unidos”.

 Para o Presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, “é curioso ver que há muita gente nova a assistir ao desfile”, o que significa que a continuação das próximas edições das Grandes Festas não ficará comprometida.

Alexandre Gaudêncio conta ainda, a título de curiosidade, que um dos momentos que mais o impressionou foi ver “a quantidade de pessoas que ficou na fila à espera mais de uma hora para comer uma malassada”, rematando: “acho que isso representa bem o gosto que têm pelas nossas tradições”.

 Também o Diretor Regional das Comunidades marcou presença nesta iniciativa, tendo participado até no cortejo alegórico.

 De acordo com Paulo Teves, as Grandes Festas do Divino Espírito Santo representam “o pulsar da identidade do povo açoriano e a sua determinação em perpetuar no tempo a nossa genuína forma de ser e estar no mundo”.

 O governante, que falava no Kennedy Park, na sessão de bênção e distribuição de pensões, salientou também que “as novas gerações saberão honrar e dar continuidade” a estas festas, já que a “herança cultural enaltece, honra e ainda transmite às gerações que se seguem”.

 As Grandes Festas em Honra do Divino Espírito Santo da Nova Inglaterra tiveram início no final de agosto de 1986. Atualmente, cerca de 200 mil pessoas passam pelas festas da cidade de Fall River. Turistas, emigrantes açorianos, portugueses, locais e curiosos invadem o Kennedy Park para assistirem aos concertos que ali houve, bem como para comprar e experimentar produtos regionais.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com