O concurso da terceira fase da variante à Estrada Nacional 14, que irá ligar o nó do Jumbo da Maia ao interface rodoviário da Trofa, já foi publicado em Diário da República. A obra está orçada em 32 milhões de euros e terá início no verão de 2021.

 

 

“Uma data que fica hoje na nossa memória, como o dia em que, finalmente, mais de 20 anos depois, conseguimos avançar no processo que vai levar à construção da tão ansiada variante à EN14”. Foram estas as palavras de Sérgio Humberto, presidente da Câmara Municipal da Trofa, face à publicação, em Diário da República, do concurso da terceira fase da Variante à EN14, que contempla um dos quatro troços da variante e irá ligar o nó do Jumbo da Maia ao interface rodoviário da Trofa, através de um troço com cerca de 10 quilómetros.

A obra envolve a criação de três ligações à rede local, através da Estrada Nacional 318, junto das zonas industriais do Soeiro e da Carriça, através da Estrada Nacional 14, em Lantemil, e através da rotunda existente EN14, que irá permitir a ligação da variante ao Interface Rodoferroviário da Trofa e a sua continuidade para Norte.

A obra, que está orçada em 32 milhões de euros, terá início no verão de 2021. “Aguardamos ansiosos que as máquinas cheguem ao terreno, para aí sim, festejarmos verdadeiramente a realização de mais este sonho”, acrescentou o autarca.

Em resposta a este passo, o edil trofense fez ainda questão de realçar o agradecimento a Pedro Nuno Santos, Ministro das Infraestruturas e da Habitação, “pela seriedade com que tem conduzido este processo”. Um agradecimento extensivo ao Secretário de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado, e aos autarcas António Silva Tiago, presidente da Câmara Municipal da Maia, e Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com