• Vila Nova de Gaia possui uma área de 116 K2, com cerca de 300 mil habitantes e 226.226 eleitores. Números, possivelmente, já ultrapassados.

• Ontem e Hoje o que mudou Gaia – Foi elevada a cidade pelo decreto-lei 15/84, registando os seguintes forais: 1255 “D. Afonso III”; 1288 “D. Dinis”; 1518 “D. Manuel I”; e 1367 “D. Fernando”.

• Em 1834 deu-se a união de “Gaia Velha” com “Gaia Nova” e daí nasceu o actual concelho de Vila Nova de Gaia. Primeiro com 23 e mais tarde, com a anexação de Lever, 24 freguesias, algumas delas elevadas a vila no decorrer destes últimos anos.

• Quem tiver uma ideia do que era este concelho, por exemplo, em 1997, hoje, ao dar uma nova Volta a Gaia, ficará espantado com o que vai encontrar nas áreas do Desporto, do Ensino, da Cultura, da Habitação, de apoio a Instituições, ao Colectivismo Global, Infra-estruturas e Acessibilidades, Reabilitação Urbana e Ambiente.

• Nos dias de hoje (2010), os grandes eventos internacionais têm Gaia como palco, que também é montra privilegiada dos espectáculos que marcam o seu panorama cultural e artístico.

Esta pequena volta a Gaia teria de começar pelas acessibilidades que conduzem o visitante aos locais mais importantes a visitar. Evidentemente que para além da EN Nº 1 – uma espécie de espinha dorsal, desde a Ponte D. Luís à saída em Grijó – teremos a marginal do Altântico, que começa na Afurada a vai terminar já perto de Espinho.

Depois, na beira-rio é que enquanto se espera pela desejada marginal, a volta terá um figurino menos directo. Claro que, como se sabe o concelho é atravessado por vias directas à cidade do Porto, com algumas saídas e entradas em vários pontos, mas onde a evolução merece uma visita bem cuidada anda à volta da velhinha Avenida da República, fundamentalmente a partir do cruzamento com a IC3.

Mas, esta volta não se destina apenas às acessibilidades nem ao Metro de Superfície, nem às modernas pontes que atravessam o “Durium”, desde o Freixo à Arrábida. Destina-se a conduzir o leitor a alguns pontos vitais deste histórico concelho onde nasceu Portugal – dizem os alfarrábios.

Durante muitos anos
Gaia servia de passagem
Para a cidade do Porto
Hoje, tudo mudou para melhor

 

*Escrito em 2011

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com