O Alma & Mar situa-se no complexo das Piscinas da Granja e foi inaugurado, no passado dia 30 de março, com um jantar que contou com a presença de Patrocínio Azevedo, vice-presidente da Câmara Municipal de Gaia, de João Paulo Correia, presidente da Junta de Freguesia de Mafamude e Vilar do Paraíso, e da comunidade em geral.

O jantar de inauguração do Alma & Mar foi agraciado pelo som do saxofone do músico José Francisco e pela voz do fadista Miguel Bandeirinha, que foi acompanhado por Marco Lourenço, na guitarra clássica, e por Paulo Gomes, na guitarra portuguesa.

Rui e Odete Caldeira são gerentes da Quinta da Boucinha e responsáveis por este espaço que mudou de nome, é composto por um restaurante no piso superior e um bar no piso inferior e tem uma vista privilegiada sobre o mar.

“Nós queremos marcar a diferença. Nós estamos na Granja, que foi a coqueluche de Gaia e queremos participar nessa coqueluche. Alma & Mar traz-nos algo muito mais forte e muito mais marcante do que a AguaViva. O Bar AguaViva vai manter-se, porque estamos perto da água, mas o Alma & Mar vai ser muito mais forte e um espaço para eventos, com algum cuidado. Nós queremos marcar a diferença dentro do mesmo espaço, não queremos ser mais um e queremos marcar a diferença em Gaia. Eu quero que exista uma partilha, que as pessoas venham até nós, almocem e fiquem connosco”, revelou Odete Caldeira.

Inspirado no Atlântico, o Alma & Mar contempla um ambiente moderno e elegante. “Nós queremos que as pessoas entrem e sejam recebidas num ambiente com um certo requinte, com um certo cuidado, mas que desfrutem do momento, num espaço que é digno de ser acolhido seja por quem for”, sublinhou a gerente.

No que concerne as especialidades, Odete Caldeira enalteceu que o rei da casa é o Cabrito Estonado, “tirando o nosso peixe fresco, as carnes frescas e as carnes maturadas, nas quais estamos a apostar. O Cabrito Estonado é um prato que vai ser apadrinhado pelo presidente da Câmara Municipal de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, porque é algo que não existe na nossa zona e o Alma & Mar vai fazê-lo com todo o carinho que merece”.

Foi uma inauguração com um enquadramento único e inesquecível, que contou com a presença de Patrocínio Azevedo, vice-presidente da Câmara Municipal de Gaia, que afirmou ao AUDIÊNCIA que “eu acho que este espaço é um espaço emblemático de Vila Nova de Gaia. Esta Piscina, esta proximidade ao mar, merece que haja, da parte da Câmara, um olhar atento para aquilo que é possível conciliar entre uma concessão pública entregue a um privado”.

“Nós estamos sensivelmente em cima do mar, estamos com uma vista fantástica, numa noite muito agradável, considerando que estamos no dia 30 de março, é nós queremos incentivar a revitalização deste espaço, além do mais é um empresário de Gaia que está a investir de novo no espaço e eu venho cá com muito gosto”, salientou o vice-presidente da Câmara Municipal de Gaia, acrescentando que a comparência neste evento “representa uma presença um bocadinho de amizade, mas também um bocadinho de um incentivo a um grupo empresarial que há bem pouco tempo ponderava fechar isto e eu acho que isto não pode fechar, muito pelo contrário, tem de ser revitalizado, tem de ser dinamizado e está nas mãos certas, está nas mãos de pessoas que conhecem o setor, conhecem o mercado, e eu acho que vai ter muito sucesso. A minha vinda cá é um bocadinho nesse sentido, para dar o alento que eu acho que as pessoas merecem”.

João Paulo Correia, presidente da Junta de Freguesia de Mafamude e Vilar do Paraíso, também fez questão de aparecer no início deste evento, do qual teve de se ausentar por motivos profissionais, e referiu ao AUDIÊNCIA que “eu conheço o trabalho que a equipa da Quinta da Boucinha tem feito ao longo destes anos e esta aposta que está a fazer aqui, na Piscina da Granja, vai ser, certamente, bem-sucedida, porque trazem para aqui uma experiência de muitos anos de serviço de boa qualidade, que é amplamente reconhecido, que é visitado por pessoas de outros concelhos e é uma das referências da restauração de Vila Nova de Gaia. Este investimento também vem ajudar a dinamizar a Piscina da Granja, que é um dos ex-líbris, principalmente na época balnear, de Vila Nova de Gaia e vem, de facto, acrescentar qualidade ao serviço de restauração desta zona do concelho. Portanto, aguardo que seja um caso de sucesso como tem sido a Quinta da Boucinha”, destacando que “este restaurante é mais um motivo para que as pessoas se desloquem à Granja”.

Por sua vez, o fadista Miguel Bandeirinha não conseguiu ficar indiferente ao cenário inspirador proporcionado pelo Alma & Mar e disse ao AUDIÊNCIA que “este restaurante é, realmente, muito importante por vários fatores, porque quem olha para a sala vê que é diferente dos habituais espaços que existem à beira mar. O Alma & Mar é acolhedor, é um espaço com muito bom gosto a nível de ementa e decoração e é um espaço que convida as pessoas a deslocarem-se para junto da praia e a poderem conviver num local distinto e familiar, que promove Gaia com qualidade. Eu acho que este restaurante vai ser um ponto de encontro e um ex-líbris na Granja a nível da restauração”.

O Alma & Mar vai ser palco da cerimónia de atribuição do Troféu da Melhor Francesinha, que será realizada no âmbito do III Concurso da Francesinha promovido pelo Jornal AUDIÊNCIA. Alexandre Gaudêncio, presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, e o empresário Rúben Pacheco Correia, que vai constituir o Júri Convidado da Final e decidir quem é o vencedor, já confirmaram que vão marcar presença neste evento imperdível.

Odete Caldeira divulgou, a este propósito, que “os presentes vão poder contar com uma Francesinha composta por produtos da Ilha de São Miguel. O nosso Chef, André Medeiros, é açoriano e vai ser ele quem vai confecionar a Francesinha, porque o nosso objetivo é implantar sabores açorianos, que marcam a diferença e não existem no continente, como é o caso do inhame e da pimenta da terra.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com