Depois de largos anos em que não existiram vontade e seriedade políticas para a resolução de vários problemas de Pedroso e, nomeadamente, dos Carvalhos, afetando não só as suas populações como as de outras freguesias do sul de Gaia, novos horizontes estão a ser rasgados.

O Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários dos Carvalhos serviu de palco, no passado dia 17,  para a assinatura do protocolo para as obras  reestruturação do espaço da atual  Feira dos Carvalhos e celebrado entre a Câmara Municipal e a empresa Construções Huila.

Com um custo a ordem dos dois milhões de euros e um prazo de 245  dias, aguarda-se agora que o Tribunal de Contas emita o seu parecer, que se deseja seja tão breve quanto possível.

Este ato, a que presidiu o  presidente da Câmara de Gaia , prof. dr. Eduardo Vítor Rodrigues, para além de Domingos Neves, administrador da empresa adjudicatária Construções Huíla, contou com as presenças dos vereadores eng. Patrocínio Azevedo e drs. Manuel Monteiro, José Guilherme Aguiar e Elísio Pinto, dos presidentes da Assembleia e Junta de Freguesia, drs. Joaquim Tavares e Filipe Lopes, do presidente  da Assembleia Geral e do dirigente dos Bombeiros dos Carvalhos, Manuel Cruz e prof. José Manuel Carvalho, para além de vários técnicos da Câmara Municipal.

O presidente da Câmara ao referir-se a esta obra, disse que ela não servirá apenas como espaço para os dias da feira-mercado, mas, de igual modo, para a realização de eventos de caráter lúdico e cultural, que poderá revitalizar, nestes aspetos, todo o Sul do Concelho.

Disse, ainda, que outra das velhas reivindicações e de  premente necessidade, a da construção de um novo e condigno Centro de Saúde , cujo local será  em terrenos da atual e nova Feira, irá ser votado em reunião de Câmara do próximo dia 6 de Julho, esperando-se a sua aprovação para depois poder seguir os passos da sempre morosa burocracia, “praga”  tipicamente  portuguesa e  que continua, em muitos aspetos,  a emperrar  realização  de muitas obras de reconhecido interesse público e não só.

Registo ainda para as melhorias no bonito e aprazível Parque de S. Bartolomeu, também nos Carvalhos, obras a cargo  das autarquias local e concelhia.

Há outras obras já anunciadas pela Câmara para a zona dos Carvalhos, que esperamos possam sair do “papel” com a brevidade possível.

Finalmente, a segregação política de que a vila dos Carvalhos foi vítima durante os largos anos do “consulado” Menezes/Tavares, e que redundou em mais que evidente prejuízo para a freguesia de Pedroso é passado,  que não deixa quaisquer saudades

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com