O Rotaract Club Porto celebrou o seu aniversário com um jantar aberto à comunidade, no Grande Hotel do Porto, local onde habitualmente realizam os seus jantares. A cerimónia contou com a presença de várias pessoas, incluindo a entrada de um novo membro, oriundo do Brasil.

Em 2019, entraram para o clube três brasileiros e uma austríaca.  Gonçalo Norton Lages, Presidente do Rotaract Club Porto, afirma, que este é um exemplo prático de como o “Rotary conecta o Mundo” – lema do Rotary Internacional para o presente Ano Rotário (que decorre entre julho e junho) –, unindo povos e culturas.

Gonçalo Norton Lages afirma ainda que “todas as semanas somos contactados por pessoas de outros países que vêm visitar o Porto ou que se vão mudar temporariamente ou até definitivamente para a nossa cidade cosmopolita. Muitos já têm contacto com o movimento rotário fora de Portugal e procuram dar continuidade à sua colaboração na comunidade. Outros, procuram satisfazer a curiosidade de conhecer esta organização internacional e um meio de exercer a cidadania ativa.”

Todos os voluntários da organização, podem participar e organizar eventos no âmbito das principais áreas de enfoque definidas para este ano rotário, nomeadamente a promoção da paz, prevenção e resolução de conflitos, a prevenção e tratamento de doenças, o desenvolvimento económico e comunitário, o fornecimento de água potável e saneamento, a saúde materno-infantil, a educação básica e alfabetização.

A estratégia do Conselho Diretor para este ano assenta na comunicação, no desenvolvimento do quadro associativo, no companheirismo entre membros do clube e, naturalmente, nos projetos. O Presidente do clube refere que os principais projetos para este ano incidem essencialmente em quatro temas:

Na multiculturalidade, ao desenvolver parcerias com clubes de outros países e na realização do habitual “RTC Porto On Tour”, que permite que os membros do clube e pessoas próximas apresentem as suas origens e a sua cultura; na sensibilização e angariação de fundos para o programa de erradicação da doença poliomielite a nível mundial (End Polio Now), como é o caso da coorganização da 2.ª edição do torneio de padel, entre outros; na sensibilização e apoio à inclusão de pessoas com deficiência na sociedade, que consistirá na realização de uma série de ações e eventos, desde logo uma parceria com o Rotaract Club Goiandira, do Brasil, sendo que o primeiro evento deste tema se realizará no próximo dia 30 de novembro, com uma palestra-debate com Miguel Leitão do CIAD (Centro de Apoio Integrado à Deficiência, unidade operacional da Santa Casa da Misericórdia do Porto); na formação do quadro social, não só do próprio clube, mas também de outros clubes e até da comunidade, ao promover diversas sessões sobre o universo do movimento rotário e, ainda, sobre algumas ferramentas de trabalho que se revelem essenciais para os voluntários terem um melhor desempenho e um maior conhecimento.

Fundado a 15 de novembro de 1983, o Rotaract Club Porto (RTC Porto) é um clube para jovens acima dos 18 anos, apadrinhado pelo Rotary Club Porto (RTY Porto). Estes clubes, que partilham a mesma sede, trabalham em conjunto em diversas causas e eventos, procurando atingir um maior efeito positivo na sociedade.

O Rotaract surge em 1968 como um programa do Rotary Internacional, organização cujos objetivos são unir voluntários com o fim de prestar serviços humanitários, promover valores éticos e a paz internacional, assim como desenvolver capacidades de liderança.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com