A empresa “Marques Inovação e Ambiente, Lda.” (Marques I&A), do Grupo Marques, quer apostar na investigação e desenvolvimento de novos produtos, privilegiando, para isso, os produtos endógenos. A empresa dispõe de três laboratórios: um dedicado ao betão, outro às fibras de basalto e o outro é dedicado aos óleos essenciais. A produção de óleos essenciais, extraídos de diversas plantas endógenas e algas, destinados à indústria cosmética e farmacêutica é uma das apostas da empresa.

 

 

A “Marques Inovação e Ambiente, Lda.” (Marques I&A) pertence ao grupo de empresas Marques e quer afirmar-se como uma unidade de referência nas áreas da inovação, investigação e desenvolvimento, na Região Autónoma dos Açores, dando principal atenção aos produtos endógenos e potenciando a economia circular, visando, complementarmente, a comercialização externa.

A Marques I&A está dotada de condições para, de uma forma estruturada, realizar investigação, estudo e extração de componentes orgânicos com potencial de venda junto da indústria e cuja comercialização é destinada aos setores medicinais, farmacêuticos e cosméticos. Atualmente, dispõe de uma equipa com elementos das áreas da Engenharia do Ambiente, Engenharia Química, Engenharia Química e Bioquímica e também Biologia. Esta equipa realiza “testes de investigação” com diversas plantas endógenas, algas, entre outras. A Marques I&A pretende ainda reforçar esta equipa, obtendo daqui todas as sinergias do conhecimento científico já existente e aplicando-o às diversas áreas de extração de componentes.

O objetivo dos novos projetos passa por fazer com que o cliente identifique a Marques Inovação e Ambiente como uma unidade de referência nas áreas de inovação, investigação e desenvolvimento dos Açores, que privilegia os produtos endógenos e aposta na sua comercialização regional, nacional e internacional, sendo, portanto, um fornecedor a privilegiar nesta área. Atualmente, a marca está a investigar e desenvolver a extração de componentes da biodiversidade existente nos Açores, como enzimas, proteínas e outros, com vista à sua valorização e comercialização no mercado externo. Está também a desenvolver a inovação de produtos, processos e modelos de negócios que causem um impacto significativo, capazes de criar vantagens competitivas de médio e longo prazo.

A Marques I&A assume-se como defensora da Bioeconomia e, por isso, utiliza um modelo económico baseado na sustentabilidade e que tem como objetivo diminuir a dependência de recursos não-renováveis, minimizar o impacto ambiental, transformar processos produtivos e industriais, e melhorar a qualidade de vida da sociedade. A ideia é criar soluções que sejam mais adequadas à prática do desenvolvimento sustentável. A Economia Circular é outra das práticas da Marques I&A, que assenta na redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia, substituindo o conceito de fim-de-vida da economia linear, por novos fluxos circulares de reutilização, restauração e renovação.

A empresa dispõe de instalações, localizadas na sede do Grupo Marques, com condições excelentes para a prática laboratorial de Investigação e Desenvolvimento (I&D). Atualmente dispõe de três laboratórios: um dedicado ao betão, outro às fibras de basalto e o terceiro é dedicado aos óleos essenciais.

O Grupo Marques explora uma área de floresta biológica certificada, atualmente com 196 hectares, com uma variedade e diversidade de plantas e árvores endógenas com potenciais de extração de componentes orgânicos para fins medicinais, farmacêuticos, cosméticos.

Dos projetos já em curso fazem parte a madeira de criptoméria, cuja exportação corresponde, em grande parte, à madeira processada sob a forma de tábuas e barrotes desta espécie dominante na Região (cryptomeria japonica), tendo como principais mercados o continente norte-americano e europeu. A empresa trabalha também a pedra de basalto, produzindo agregados e chapas de basalto, bagacinas pretas e vermelhas, piroclastos e pó de pedra, entre outros. Produz, na área da fibra de basalto, derivados de pedra de basalto, nomeadamente fibra e escamas de basalto. Dedica-se ainda à produção de óleos essenciais, extraídos de diversas plantas endógenas e algas, destinados à indústria cosmética e farmacêutica.

O compromisso da Marques I&A é “inovar na investigação e produção de novos materiais e produtos, de forma sustentável, com especial cuidado com o ambiente que nos fornece as matérias-primas com que queremos continuar a desenvolver novas soluções para os mais variados setores.”

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com