A obra realizada pela Associação de Desenvolvimento da lha de São Jorge ADISJ) tem como objetivo dotar o Centro de Recolha de Canídeos e Gatídeos da Ilha de São Jorge de melhores condições. Numa parceria entre os dois municípios desta ilha, este foi um investimento superior a 60 mil euros.

 

O novo edifício de apoio ao canil municipal foi inaugurado a 27 de agosto, numa cerimónia que contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Velas,

Luís Silveira, da vereadora Vanda Oliveira da Câmara Municipal da Calheta e do presidente da Associação de Desenvolvimento da Ilha de São Jorge, Roger Sousa.

Esta parceria resultou de um investimento que ultrapassou os 60 mil euros, mas que, agora, dá melhores condições de conforto e bem-estar aos animais residentes, indo assim ao encontro da legislação em vigor na Região, no caso em apreço, com a criação de uma enfermaria veterinária, gatil e armazém, dotados de todos os meios necessários ao tratamento dos animais e de armazenagem de alimentos e produtos de higiene.

Neste âmbito, será contratado um médico veterinário para prestar o apoio necessário aos animais residentes no Centro de Recolha, bem como dar cumprimento à legislação em vigor, sendo o custo referente à contratação do mesmo suportado por ambos os municípios da ilha.

Para o Presidente do Município de Velas, Luís Silveira, a realização desta obra é de suma importância, uma vez que foi realizada com recursos dos dois municípios, na qual se enaltece a capacidade de parceria entre as duas edilidades e a ADISJ.

O autarca, que falava por ocasião da inauguração desta obra, destacou a atenção que é dada nos dias de hoje aos animais, e reforçou o trabalho do município no melhoramento desta infraestrutura.

Por sua vezo, o presidente da ADISJ destacou o trabalho realizado nos últimos sete anos de gestão do espaço, tendo recordado as inúmeras intervenções e ações realizadas, com vista ao melhoramento do bem-estar animal, sendo que, no último ano, foram dados “importantes passos” que possibilitarão a certificação desta valência, enquanto Centro de Recolha Oficial.

O Centro de Recolha acolhe animais dos dois concelhos de São Jorge, através de protocolos celebrados entre os dois municípios e a ADISJ, que é a entidade gestora do espaço. Atualmente, o Centro de Recolha acolhe 19 cães que são tratados pelos colaboradores da Quinta da Escola Profissional da Ilha de São Jorge e que estão disponíveis para adoção.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com