Programação a encerrar o quinto ano da MiratecArts questiona, ao mesmo tempo que abraça, a arte contemporânea. O programa foi triptico: filme, conversa e exposição de 29 a 31 de dezembro na ilha do Pico.

O vencedor da Palma de Ouro em Cannes 2017, vencedor de múltiplos prémios no European Film Awards, incluindo melhor filme, realizador e ator e ainda nomeado para Melhor Filme Estrangeiro para os Óscar e Globos de Ouro 2018, foi apresentado no Auditório do Museu dos Baleeiros, sexta 29 de dezembro, pelas 21h, com entrada livre. O Quadrado, filme de Ruben Östlund, que realizou o filme favorito das audiências MiratecArts, apresentado no ano passado, Força Maior, é uma comédia sátira negra que atinge a arte contemporânea.

Christian é o respeitado curador de um museu de arte contemporânea. Homem divorciado e bom pai dos seus dois filhos, conduz um carro eléctrico e apoia boas causas. A sua próxima exposição, “O Quadrado”, é uma instalação que pretende evocar o altruísmo em quem a vê, recordando-nos o nosso papel enquanto seres humanos responsáveis pelos nossos congéneres. Mas, às vezes, é difícil viver à altura dos nossos ideais: a resposta incauta de Christian ao roubo do seu telefone vai conduzi-lo a situações das quais ele se envergonha. Entretanto, os Relações Públicas do museu criam uma campanha inesperada para “O Quadrado”. A reação é inflamada e lança Christian, bem como o próprio museu, numa crise existencial.

No sábado dia 30, a programação continuou com uma caminhada conversa na MiratecArts Galeria Costa. Foi uma conversa que questionou como a televisão apresenta o mundo da arte.

O ano encerrou com a abertura da exposição “pink season by tc” na Galeria A Brasa, localizada ao lado do Hotel Caravelas, na Madalena, domingo 31 de dezembro, pelas 19h.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com