Vasco Cordeiro foi eleito por aclamação primeiro vice-presidente do Comité das Regiões a 12 de fevereiro, no âmbito de um acordo entre todos os grupos políticos que estipula que o Presidente do Governo assuma a presidência deste organismo europeu dentro de dois anos e meio, sendo que o grego Apostolos Tzitzikostas assume a liderança do Comité até então.

 “Venho de uma região com nove ilhas, com cerca de 245 mil habitantes. É por isso que hoje este voto por aclamação diz muito mais deste Comité e da forma como os membros deste Comité encaram uma Europa de todos, do que dos meus méritos e daquilo que aqui trago”, disse o governante, após a sua eleição que aconteceu em Bruxelas, no hemiciclo do Parlamento Europeu.

 A Comissão Permanente do PS/Açores já se fez manifestar através de uma nota de imprensa em que saúda a eleição de Vasco Cordeiro, na qual se pode ler que é a primeira vez que o Comité das Regiões será presidido por um português.

 De acordo com a nota, “a eleição de Vasco Cordeiro, para além de constituir o reconhecimento das qualidades políticas e pessoais do Presidente do Governo dos Açores, prestigia os Açores e o País”. A Comissão, o Conselho e o Parlamento Europeu têm de consultar o Comité das Regiões quando elaboram textos legislativos sobre matérias em que as autoridades regionais e locais têm uma palavra a dizer, como é o caso do emprego, da política social, da coesão económica e social, dos transportes, da energia e das mudanças climáticas.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com