“Brincar com a diferença” é o nome do projeto que a trofense Diana Ferreira propôs ao Orçamento Participativo Jovem Portugal 2019, em conjunto com as jovens de Vila Nova de Famalicão, Filipa Gomes e Cláudia Marques, e consiste na adaptação dos parques infantis da Trofa e de Vila Nova de Famalicão a crianças com deficiências físicas e mentais.

Promover a igualdade na utilização dos parques infantis e a independência das crianças com necessidades especiais é a grande meta do projeto “Brincar com a diferença”, que já é finalista e está orçado em 75 mil euros.

“No nosso dia-a-dia verificamos que os parques infantis, na sua maioria, são inadequados e apresentam barreiras que impossibilitam a sua utilização normal por parte de crianças com incapacidade física e/ou mental. Estas crianças ficam, muitas vezes, limitadas a observar outras crianças a brincar”, explicaram as finalistas.

Neste seguimento, “possibilitar que todas as crianças usufruam dos parques infantis, independentemente das suas diferenças, bem como permitir a interação e a estimulação sensorial através de equipamentos adaptados” são os grandes objetivos da proposta, que foi apresentada com o apoio da Câmara Municipal da Trofa, através do Orçamento Participativo Jovem da Trofa, ao qual a jovem Diana Ferreira já concorreu, no passado, com outros projetos.

O Orçamento Participativo Jovem é um processo de participação democrática, no âmbito do qual os cidadãos com idades entre os 14 e os 30 anos, inclusive, podem apresentar e votar, até ao dia 4 de agosto, através do site www.opjovem.gov.pt ou via SMS gratuita para o 4310, em projetos de investimento público.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com